Miro de Melo - Entrevista


Blog Vitrola Verde

Entrevista com Miro de Melo (baterista das bandas 365 e Lixomania)

Editor: Cesar Gavin

Data: 07/02/2013

Veja aqui o depoimento de Cesar Gavin para o livro "30 anos de Rock"

"O Punk Rock me ensinou que você pode fazer as coisas acontecerem. Tem que acreditar que pode dar certo..."

Miro de Melo lança biografia contando toda sua trajetória de 30 anos de Rock. O livro foi lançado pela editora Sinergia, onde detalha os momentos da carreira de Miro nas bandas 365 e Lixomania e ainda percorre os fatos do punk brasileiro. Sou honrado de ter sido convidado pelo Miro para dar um depoimento.

O livro é envolvente por narrar o ambiente em que Miro viveu (zona norte de São Paulo) com a formação das bandas punks e, posteriormente, tendo atingido o sucesso com a banda 365, tocando nos programas Cassino do Chacrinha, Viva a Noite e muitos outros.

Sobretudo, posso afirmar que não há tristeza que vença a coragem! A história do nosso amigo está aí. Não é ficção!

Cesar Gavin: Como surgiu a idéia do livro?

Miro de Melo: Foi conversando com o escritor sobre tudo que eu já tinha feito em termos de música em São Paulo, Jamais tinha noção que já havia passado 30 anos. Ele sugeriu escrever sobre isso, alegando que eu poderia deixar algo de bom pra muita gente.

Cesar Gavin: Por que você desistiu de ser jogador de futebol?

Miro de Melo: Porque é muito pior que a música. Tem limite de idade. Eu não saía da Portuguesa, naquele tempo era peneira atrás de peneira (seleção de candidatos). Isto foi dos meus 12 aos 17 anos de idade. Era meu sonho, mas é muito difícil qualquer ser humano mostrar o que sabe em 10 minutos. Eu joguei no Colégio Salesiano (torneio infantil), no Dom Bosco e até disputei o Campeonato do Def (torneio escolar). Modéstia parte, eu era um Leivinha (risos). Futebol e Rock estão no meu sangue.

Cesar Gavin: A rádio 89 FM foi determinante na carreira do 365. Como você vê a volta dela no dial?

Miro de Melo: Eu achei ótimo! Sei que trabalho não é fácil, mas alguém tinha que dar uma chacoalhada para ajudar as bandas novas.Toda hora aparece a revelação da MPB, do Samba, etc. Quanto tempo não aparece um nome no Rock brasileiro pra deixar a gente de boca aberta e sem algumas armações que certos produtores adoram fazer. Graças a Deus que o Liminha e o Luiz Carlos Maluly estão aí no mercado, pois são pessoas que meteram o dedo na ferida certa.

365 - Foto: Wellington de Melo

Cesar Gavin: O que você acha da música de massa atual no Brasil (sertanejo, axé, pancadão)?

Miro de Melo: Eu não acho nada. O sistema adora tirar o foco do povo da massa, enquanto muitos se divertem com esse tipo de música e por outro lado, a corrupção está solta a toda hora.

Cesar Gavin: Você sempre foi um cara humilde e sempre persistente nos seus ideais. Como conseguiu manter duas bandas (uma de rock e outra de punk rock) no Brasil até hoje? Qual o segredo?

Miro de Melo: O segredo é amar o que faz e acreditar sempre. O Punk Rock me ensinou que você pode fazer as coisas acontecerem. Tem que acreditar que pode dar certo. Esse negócio que algo cai do céu pra mudar sua vida é balela.

Cesar Gavin: Quem é o Mirão de hoje?

Miro de Melo: Hoje posso dizer que sou um cara realizado. Este livro veio me fortalecer. Às vezes tem que chegar alguém com uma palavra, com uma atitude pra dizer que você é querido ou que você é importante. Isso não sou eu que tenho que falar porque, se eu não me amasse, não estaria aqui. Depois de tudo que passei nesses últimos 3 anos, o livro, as bandas, vida pessoal, tudo vai de vento em popa. Hoje tenho ao meu redor pessoas que realmente gostam de mim.

Cesar Gavin: Seu livro está sendo vendido nas melhores livrarias do país. Como você vê esse reconhecimento?

Miro de Melo: Cara, é o dedo do Homem lá de cima. Eu quando comecei, jamais imaginava que iria gravar um dos discos mais importantes do Punk (Lixomania) ou que um dia tocaria nas rádios (365) e hoje vejo um trabalho falando da minha vida nas melhores livrarias do Brasil. De joelhos, agradeço a Deus por tudo, ao Edson Luis Rosa, pela homenagem e a todo pessoal que participou deste trabalho.

#cesargavinentrevista #blog #news #365 #mirodemelo #lixomania #2013

©Copyright 2011 Super Vinyl - Todos os direitos reservados